O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, presidido pelo prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), abriu licitação no dia 06/02 com objetivo de contratar empresa jornalística para publicação de “Atos  e Notícias Oficiais”. O que chama atenção do  processo licitatório Nº 080.2017, é a explicitação de que a empresa jornalística interessada em prestar serviços da publicação dos Atos Oficiais, terá que publicar também, as notícias da entidade.

É o primeiro caso na região ou no país em que um jornal terá de emitir Nota Fiscal para publicação de notícias de um órgão público. A licitação do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC fere um dos princípios básicos do jornalismo: a liberdade de imprensa.

Liberdade de imprensa é a capacidade de um indivíduo de publicar e dispor de acesso a informação (usualmente na forma de notícia), através de meios de comunicação em massa, sem interferência do estado.

Ainda de acordo com o site do Consórcio, a licitação está suspensa. O site Bastidor Político entrou em contato com o Consórcio questionando a licitação e seus objetivos:  Por que licitação para notícias? Paga-se por isso? Por que está suspensa?

Até o momento não obtivemos resposta da entidade.