Entrega de ambulâncias seria perto de ocupação do MTST; Planalto diz que mudança foi causada por erro operacional

O Palácio do Planalto decidiu de última hora mudar de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, para São Paulo a cerimônia de entrega de 225 ambulâncias pelo presidente Michel Temer marcada para esta quarta-feira, 4. 

Segundo o Planalto, não houve mudança – pelo menos desde sexta-feira, 29, a intenção era fazer a cerimônia em São Paulo e um erro operacional do setor de credenciamento da Presidência motivou a confusão.

No entanto, fontes do governo informaram que a mudança teve razões de segurança, uma vez que a fábrica da Mercedes-Benz, onde seria realizada a cerimônia, fica relativamente perto da Ocupação Povo Sem Medo, liderada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) em São Bernardo.