O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, postou em suas redes sociais uma matéria que cita o envolvimento do ex-prefeito Luiz Marinho em suposto desvio de dinheiro público na Obra do Museu do Trabalho e Trabalhador.

O tucano, num discurso de ética e combate à corrupção, deu apoio as investigações do Ministério Público Federal, algo típico do prefeito que se auto-descreve "ficha limpa".

O discurso hipócrita de Orlando Morando brinca com as pessoas que têm o mínimo de bom senso e uma dose de memória. Fazemos questão, então, de relembrar os mais esquecidos, que recente uma denúncia da revista Época coloca em cheque a idoneidade do tucano ficha limpa, Orlando Morando, e também o ex-prefeito petista, Luiz Marinho.

Três dias antes de tomar posse, em dezembro do ano passado, Orlando Morando conseguiu vender seu terreno avaliado em R$ 200 mil, no Alvarenga, por mais de R$ 1 milhão. Quem autorizou o pagamento foi exatamente Luiz Marinho.

A denúncia já foi protocolada no Ministério Público e a TV São Bernardo continuará acompanhando o desfecho dessa estranha parceria. Orlando Morando consegue calar a mídia convencional com anúncios da prefeitura e do Consórcio do Grande Abc, mas nosso canal é isento e continuará levando a verdade para a população de SBC.

Revistas Época